Música para Cerimônia Religiosa

As cerimônias religiosas, a cada ano, vêm se tornando mais curtas. Como duram em média 35 minutos, não existem muito tempo disponível para muitas músicas. O mais comum é a escolha de quatro canções: a primeira para a entrada da noiva; a segunda que é tocada na benção das alianças, a terceira quando os noivos cumprimentam os padrinhos e a última para a saída.

Se você optar por uma cerimônia mais longa, pode incluir mais músicas para ser tocadas enquanto o casamento não é iniciado, depois uma para a entrada dos padrinhos e outra para daminhas e pajens.

A seleção para a cerimônia religiosa deve ser feita a partir da definição do tipo de casamento. Tradicionais, românticos, clássicos e populares. Cada tipo de música exige um conjunto ideal para produzir um efeito satisfatório. O casamento tradicional tem como principais compositores Mozart, Joseph Haydn, Luigi Boccherini e Bach. A pomba e a elegância das produções destes históricos músicos são reproduzidas com qualidade por formações de quartetos de cordas, quinteto de sopros ou grupos com cordas e sopros.

As composições para casamentos formais são Bach, Haendel, Vivaldi, Telemann e Tomaso Albioni.Para estes tipos de músicas é necessário formações mais completas com instrumentos como flauta doce, alaúde, cravo, violino barroco, viola gambá e quinteto de metais.

Para os casamentos românticos as canções de Shubert, Chopin, Shumman, Verdi, Beethoven, Liszt, Gounoud e Wagner são as mais indicadas e a abase destas são o piano e quarteto de cordas. As trilhas sonoras e músicas populares podem ter as composições adaptadas, mas é necessário verificar com o conjunto escolhido quais as mais adequadas. Geralmente, músicas como “Eu sei que vou te amar”, “Somewhere in time”, temas dos filmes “Carruagens de Fogo” e “Ghost” são muito usadas e grande parte dos conjuntos tocam-se nos casamentos.

      Selecione uma região

      Resetar senha