Você está no Portal Noivas de:

Convites de Casamento

agenda-da-noivaA boa impressão é a que fica!

Na escolha dos convites, os noivos devem levar em consideração suas personalidades, o horário e a formalidade da cerimônia, assim como o estilo da mesma. Em geral, para cerimônias após 19h, recomenda-se a confecção de convites clássicos, feitos em papel de boa qualidade nas cores branca, marfim ou bege. O envelope costuma ter as iniciais do Casal em relevo, o que dá um delicado toque especial ao convite. E como ele será a carta de apresentação do seu casamento aos amigos, familiares e demais convidados, aproveite para adequar o tipo de convite ao estilo de cerimônia.

Não existe regra, alegam os especialistas no assunto, mas convites muito grandes ou muito pequenos não são de bom gosto. Por isso, alguns noivos têm preferido tamanhos intermediários, como o de 29 cm x 21 cm. Convites mais formais e tradicionais são feitos, geralmente, em papel branco. O papel pode ser vergê, color plus ou mesmo importado, muito usado essa finalidade – independente do tipo e da textura escolhida. No alto, à esquerda, vem o nome completo do pai da noiva, seguido do da mãe. Do outro lado, na mesma altura, seguem os nomes dos pais do noivo, dispostos da mesma forma. A frase “convidam para o casamento de seus filhos” deve ficar no centro do convite. Um pouco abaixo, à esquerda, o nome da noiva, e do lado oposto, o do noivo. Alguns centímetros abaixo, seguindo a mesma ordem, os endereços dos pais dos noivos.

Se vocês escolherem um casamento informal, podem abusar da criatividade nos convites. Nesses casos, os próprios noivos convidam, dispensando a chancela paterna. A última moda em matéria de convites divertidos é a imagem dos noivos caricaturada. Muitos são os casais que têm optado por algo que fuja do convencional, mas lembrem-se: só fujam do clássico se vocês tiverem realmente personalidades que condizem à escolha. Uma excelente pedida são os papéis reciclados, que podem ser feitos de fibra de bananeira, de cebola, coco, sisal, entre outros materiais. Em média, o cento de convite já caligrafado gira em torno de R$ 350,00 a R$ 400,00. E vale muito a pena contratar uma pessoa para caligrafar os envelopes. Além de ficar mais bonito, não se paga muito mais que o preço normal do convite por serviço.

Para não errar na escolha, optem pela impressão em relevo americano (em que as letras ficam em alto relevo), que tem efeito bonito e custo razoável. O relevo de chapa manual é sofisticado, mas caríssimo. Além disso, o efeito é similar ao do relevo americano. A textura e a qualidade do papel também dão o tom da cerimônia. Os mais simples são opaline, vergê, color plus e martelux. Papéis com textura, como o linho e o martelado alemão são mais requintados, assim como os reciclados. Um papel de qualidade sempre fica mais sofisticado. Se a intenção dos noivos é oferecer um material chique, é bom investir nisso.

A cor das letras é algo que deve ser pensado com cuidado: dourado e prateado devem ser usados com moderação, principalmente se o casal faz a linha clássica. Para não errar, escolham preto, azul-marinho ou grafite. Fiquem com a última opção se o papel for branco, o resultado é o mais suave. Lembrem-se de que o texto precisa ser legível. Tenham isso em mente na hora de escolher o tipo de letra.

Para quem quer personalização e dispõe de dinheiro para investir nos convites, uma ótima alternativa são os convites artesanais. Os artistas que os fazem usam e abusam da criatividade: utilizam tecido, material telado ou marmorizado, fazem envelhecimento de papéis e podem até mesmo fazer uma determinada pintura nos convites, um a um. Convites artesanais podem custar de R$ 150,00 a R$ 980,00 o cento.

Seja qual for a escolha, é preciso que os noivos estejam atentos a alguns detalhes: visitar algumas gráficas e conhecer o trabalho desenvolvido, verificar se haverá prova (geralmente digital) antes da impressão dos convites e checar se o texto, papel e textura estão corretos. O ideal é que os convites estejam prontos com dois meses de antecedência, tempo suficiente para entregá-los em mãos aos amigos e parentes mais próximos. Convidados que morem em outra cidade ou Estado devem receber o convite pelo correio. Para isso, coloquem o convite e o envelope dentro de outro envelope para que cheguem às mãos do destinário limpos e em perfeito estado.

Evitem anexar outros impressos ao convite. Enviem, no máximo, os mapas da igreja e do local da festa para os convidados que moram distante. Pais e padrinhos não estão “automaticamente” convidados, ou seja, eles também ficarão felizes ao receberem o convite.

Noivos, não se esqueçam de guardar ao menos um convite para vocês. Futuramente, ele poderá ser visto por seus filhos e netos.