Você está no Portal Noivas de:

Como escolher o Buffet de casamento



buffet-casamentoOs noivos comemoram... O buffet cuida dos convidados...

Escolher com cuidado o serviço de buffet pode fazer toda a diferença na hora de relaxar e aproveitar sua festa de casamento.

Os noivos, pais, padrinhos e convidados merecem desfrutar de todos os momentos de um evento tão importante. E há empresas no mercado que podem facilitar a vida dos recém-casados, oferecendo serviços com qualidade e profissionalismo. Muitas possuem toda a estrutura para atender os noivos, como salão próprio, piscina, cozinha equipada, camarim, suíte, possibilitando até realizar a cerimônia no próprio bufê. Outras oferecem serviços de gastronomia, mão-de-obra especializada e possuem parcerias ou indicam bons profissionais para cobrir as demais áreas do casamento.

Os noivos devem escolher o cardápio com cuidado, tendo em vista que precisam agradar a diferentes paladares. Uma tendência atual é oferecer pratos leves e saudáveis, como comida japonesa. No entanto, os mais pedidos ainda são o tradicional filé com molho madeira, batata sauté, massas, salpicão e tábua de frios (para o coquetel).

Se o casamento for de manhã, além do churrasco, podem ser servidos pratos mais leves no almoço, como carnes brancas, molhos mais brandos e saladas verdes. Se for à noite, fazem parte do cardápio carnes vermelhas como filé ao molho de mostarda ou filé empanado, recheado com mussarela, presunto e salpicão.

A maneira como os pratos são servidos varia desde o estilo informal até o mais tradicional e pode refletir no preço do almoço ou jantar. Entre eles estão o self-service, ou estilo franco-americano, em que os convidados se servem em um bufê, em geral com menor custo. O americano (tipo coquetel) é também mais informal e os convidados ficam em pé, utilizando mesas aparadoras. O jantar à inglesa é servido com o prato já montado e o jantar à francesa, servido na mesa, com toda a pompa, usando-se vários tipos de talheres e taças.

Para garantir que os pratos sejam preparados de acordo com o desejado, é necessário que o casal faça cuidadosas degustações.

Os noivos podem optar por vários tipos de festa, começando pelo Bolo com Champanhe, que pode ser servido no salão da própria igreja, logo após a cerimônia. O preço custa em média R$ 30,00 por pessoa. O Brunch é mais indicado para casamentos pela manhã, em geral até 11h30, mas também pode ser servido entre 15h e 18h. O valor gira de R$ 29,00 a R$ 40,00 por pessoa. No cardápio, encontram-se vários tipos de frios, queijos, mousses salgadas, pães, folhados, mesa de doces, bebidas quentes (chá, café, chocolate), bebidas frias (sucos,água, refrigerantes) e o bolo de noiva.

O coquetel fica entre R$ 35,00 e R$ 48,00 e inclui canapés frios e quentes, salgados, doces e o bolo. Os noivos podem também optar pelo coquetel com um prato quente, geralmente uma massa. O valor pode oscilar de R$ 48,00 a R$52,00 .

O cardápio completo, servido no almoço, das 12h às 15h, ou o jantar a partir das 20h, pode custar em torno de R$ 40,00 a R$ 75,00 dependendo dos pratos. Na entrada, podem ser incluídos salgados, folhados, canapés e tartelets. Como prato principal, há opções de carne vermelha, carne branca, massas, arroz, batata, salada. Depois, sobremesa, bolo de casamento, docinhos (caramelados, fondants, camafeus de nozes), chá, café, carolinas, sonhos, petit fours, doces de frutas da época, crepe suzete e licores nacionais. As bebidas incluídas nos valores do coquetel, almoço e jantar são aperitivos, sucos, refrigerantes, água e cerveja. Os preços podem variar de acordo com o cardápio escolhido e o numero de convidados. Alguns bufês oferecem taxa promocional se o casamento for realizado durante a semana.

Entre tantos detalhes a considerar, os noivos muitas vezes tentam conciliar a beleza e o conforto do local com facilidade de acesso para os convidados. Atualmente, a maioria dos convidados dispõe de meios de transporte para chegar até o local da festa, não chega a ser um grande problema, desde que a distância seja razoável.

Antes decidir qual empresa contratar, é preciso que os noivos se certifiquem sobre a experiência na área e idoneidade, para evitar sustos na última hora. Desconfiem de preços muito abaixo do mercado. É possível obter informações no PROCON e SERASA, além de consultar clientes de casamentos anteriores.

Deve-se ir pessoalmente ao local onde a empresa está localizada e, se possível, ir a festas realizadas por ela.

É essencial que os noivos assinem um contrato com a empresa, que pode ser simples, mas bem claro, devendo constar: número do CNPJ, endereço, data do evento, cardápio, serviços que serão oferecidos, material a serem utilizados, mão-de-obra (número de garçons), preço e pagamento. Contrate com um ano de antecedência, no mínimo, para garantir as melhores datas e profissionais. Os preços são, em geral, parcelados até a data do evento.