Você está no Portal Noivas de:

Buquê de noiva Desidratado

 

flores-do-bouquet-da-noiva-portal-das-noivasUma eterna recordação!

Românticas, sonhadoras ou até mesmo modernas e despojadas.

Que noiva não quer guardar uma grande recordação do dia do casamento? Saindo do tradicional álbum de fotografias e dos vídeos o que mais pode servir como uma duradoura lembrança?

Especialista na arte de desidratar buquês e enquadrá-los, Lu Abreu recebe encomendas de todo o país, de noivas que pretendem ter uma recordação que foge do convencional. “As noivas gostam de colocar o buquê desidratado na cabeceira da cama, na sala ou no corredor. A diferença é que o buquê é a única coisa do casamento que fica à vista, já que o álbum e a filmagem ficam guardados no armário”, diz Lu.

Desidratar o buquê, já está virando uma tradição, a noiva não quer jogar mais o seu próprio buquê no final do casamento. A opção é jogar o da dama de honra ou fazer dois buquês, um para entrar na igreja,  que mais tarde será preservado, e o outro para jogar.

Com experiência de quem herdou a arte do avô, que há 50 anos fazia esse tipo de trabalho, Lu Abreu, após receber o buquê, desmancha-o flor a flor, tratando cada uma delas com produtos específicos que irão preservá-las, para não perderem a cor e a forma. Depois disso, é feita a desidratação das flores, retirando toda a água sem que elas se modifiquem. Em seguida, o buquê é remontado numa moldura com um tampo de vidro, fechado hermeticamente, mas de um modo que as flores não fiquem amassadas. “Qualquer tipo de buquê pode ser desidratado, mais o processo varia de acordo com a flor. A rosa, por exemplo, passa por três processos até chegar ao ponto final”, afirma.

As noivas podem escolher entre cerca de 13 tipos de molduras disponíveis, para combinar com os móveis da casa, e também podem optar por colocar no quadro, junto com o buquê, o convite de casamento. “Também costumo fazer um quadro personalizado, com o nome da noiva, a data do casamento e um parzinho de alianças”.

Que tal desidratar seu buquê?

Se você gostou da idéia de guardar o buquê como recordação, basta seguir alguns conselhos para que o arranjo chegue a suas mãos em boas condições e seja possível fazer desidratação.

Se o seu casamento for realizado num sábado, basta colocar o buquê em um saquinho plástico e guardá-lo na gaveta da geladeira. Na segunda-feira, você deverá colocar o buquê numa caixinha forrada com papel toalha e anotar seus dados num papel, enviando este material por sedex para a empresa contratada que faça esse tipo de serviço. O prazo de entrega varia de 30 a 60 dias e a noiva tem um mês de garantia. Se as flores chegarem para a empresa um pouco murchas, elas serão recolocadas na estufa e voltarão rapidamente ao formato normal. “Só não é possível desidratar uma flor quando ela já tiver sido congelada ou se já estiver podre”.

Quando receber o quadro em casa, preste atenção onde pretende colocá-lo, para que não haja nenhum problema de umidade. Na dúvida, você pode impermeabilizar o fundo do quadro utilizando papel alumínio.

Aí, é só pendurar na parede e você já terá uma lembrança “viva” do seu casamento.

Veja também Empresas de: